skip to Main Content

SARS-CoV-2, Doença Autoimune, Doença Inflamatória e Erros Inatos da Imunidade

Evidências acumulativas implicam em que o SARS-CoV-2 tem a capacidade de atuar como um efeito de gatilho de, possivelmente pré-existentes, defeitos genéticos da imunidade, induzindo a hiperestimulação do sistema imune e, levando à hiperinflamação e ou síntese de múltiplos autoanticorpos. Em decorrência disso, desencadeando a doença autoimune ou autoinflamatória.
Leia Mais
Back To Top
×Close search
Pesquisar