skip to Main Content

Perguntas frequentes: SARS-CoV-2 (o vírus que causa a COVID-19)

Quais são as apresentações clínicas e a história natural da COVID-19?
O espectro de sinais e sintomas associados à COVID-19 é amplo, variando de infecção assintomática a insuficiência respiratória com risco de vida.
Quando os sintomas estão presentes, eles geralmente surgem aproximadamente quatro a cinco dias após a exposição. Os sintomas são leves em aproximadamente 80% dos casos e geralmente incluem febre, fadiga e tosse seca. Distúrbios do olfato e do paladar também foram relatados; não se sabe se esses sintomas são características distintivas. Sintomas gastrointestinais não são frequentemente relatados, mas podem estar presente em alguns pacientes. Dor de cabeça, rinorréia e dor de garganta são menos comuns.O Imunologista
A dispneia (falta de ar) afeta aproximadamente de 20 a 30% dos pacientes, geralmente surgindo de cinco a oito dias após o início dos sintomas. A progressão da dispneia para a Síndrome do Distress (desconforto) Respiratório Agudo (SDRA) pode ser rápida; portanto, o início da dispneia é geralmente uma indicação para avaliação e manejo hospitalar.
A Pneumonia é a manifestação mais comum da doença grave. A SDRA se desenvolve em uma minoria considerável de pacientes sintomáticos e pode estar associada a uma síndrome de liberação de citocinas (hiperinflamação), caracterizada por febre, hipóxia e/ou hipotensão progressiva e marcadores inflamatórios marcadamente elevados. A SDRA é a principal causa de morte, precedida por sepse (infecção bacteriana no sangue), complicações cardíacas e infecções secundárias.
A taxa geral de letalidade é estimada entre 2 e 3%, embora varie muito de acordo com a idade e a taxa real seja desconhecida. Embora doenças graves e fatais possam ocorrer em qualquer pessoa, o risco aumenta drasticamente com a idade e a presença de doenças crônicas, incluindo Doenças Cardiovasculares, Pulmonares, Diabetes Mellitus, Doença Renal e Câncer.
Para aqueles que se recuperam, a doença é frequentemente prolongada, durando aproximadamente duas semanas naqueles com doença leve e de três a seis semanas naqueles com doença grave.

 

Dr. Javier Carbajal Lizárraga

Médico Imunologista

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos!

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DR. JAVIER RICARDO CARBAJAL LIZÁRRAGA
ALERGIA E IMUNOLOGIA - RQE 21798 - CRM-SP 92607
CRIANÇAS E ADULTOS
O conteúdo deste site tem o objetivo de informar.
Não deve, de forma alguma, servir como base para qualquer diagnóstico ou tratamento sem a supervisão de um profissional médico especialista qualificado.
Em caso de dúvidas, procure sempre orientação médica.

Back To Top
×Close search
Pesquisar