skip to Main Content

Imunodeficiências Primárias são mesmo doenças raras?

“As doenças raras são raras, mas os pacientes com doenças raras são muitos, logo, não há nenhuma doença que seja tão rara que não mereça atenção”.

Essa é uma citação no Orphanet. Que é um site europeu dedicado a essas doenças.

A princípio, fiquei tocado com a verdade nessa afirmação. Inclusive, parece algo dito pelas famílias de pacientes com as Imunodeficiências Primárias.

Para eles, o seu paciente (o filho(a), o irmão(a), o sobrinho(a), o primo(a), o pai, a mãe, o tio, a tia e etc.) é muito importante. Então, a doença se torna mais relevante. E merece a maior atenção.

Nós, os médicos. Bem como o pessoal de enfermagem. E todos os envolvidos com a administração da saúde só podemos ser consequentes e ser solidários com isso.

Em conclusão, a empatia, o conhecimento atual. Assim como a introdução médica. Devem ser sempre desenvolvidos por quem pretende se dedicar a ajudar os pacientes.

Enfim, você achou que o artigo foi útil? Quer saber mais sobre o assunto? Então, veja o nosso vídeo sobre as Imunodeficiências.

Dr. Javier Ricardo Carbajal Lizárraga.
CREMESP 92607. RQE 21798.
Especialista em Alergia e Imunologia.

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos!

DR. JAVIER RICARDO CARBAJAL LIZÁRRAGA
ALERGIA E IMUNOLOGIA - RQE 21798 - CRM-SP 92607
CRIANÇAS E ADULTOS
O conteúdo deste site tem o objetivo de informar.
Não deve, de forma alguma, servir como base para qualquer diagnóstico ou tratamento sem a supervisão de um profissional médico especialista qualificado.
Em caso de dúvidas, procure sempre orientação médica.

Back To Top
×Close search
Pesquisar