skip to Main Content

Imunodeficiência Primária pode vir disfarçada de doenças alérgicas

Imunodeficiência Primária e doenças alérgicas

Imunodeficiência Primária pode-se apresentar como doença alérgica. Entenda como isso pode acontecer.

Imunodeficiências Primárias ou Erros Inatos da Imunidade, como atualmente se prefere chamar, são um grupo heterogêneo de doenças, que resultam de defeitos fundamentais em algum elemento (proteínas e/ou tipo de célula) que agem na resposta imune ou que controlam ela. Antigamente foram consideradas raras, atualmente é sabido que elas são subdiagnosticadas (pouco reconhecidas).

Como a Imunodeficiência Primária se disfarça de doenças alérgicas?

Há muito tempo tem sido observado que alergia pode ser um componente comum de uma deficiência imunológica primária e pode até ser o sinal e a característica de apresentação de determinadas imunodeficiências específicas.

Ainda que por boas razões as infecções ameaçadoras tendem a chamar mais atenção do que os sintomas alérgicos, também a infecção no contexto de um paciente altamente alérgico é muitas vezes considerada como secundária à inflamação alérgica. Isso cria uma postura médica que leva muitas vezes a negligenciar a procura de uma causa imunológica mais profunda.

Uma Asma que não melhora ainda que bem tratada, uma Sinusite que insiste em voltar, uma Dermatite Atópica que infecciona gravemente ou de forma recorrente, podem ser todas consequência de uma Imunodeficiência Primária subjacente.

Em outras, palavras, deve-se então lembrar que uma Imunodeficiência Primária pode se disfarçar de doença alérgica. Portanto, será difícil de tratar a condição mais evidente, a menos que a questão imunológica receba atenção

Ainda, independentemente disso, o entendimento da sobreposição entre os dois fornece uma oportunidade de entender melhor a imunodeficiência subjacente e em alguns casos o erro genético que simultaneamente causa falta de defessa eficiente no paciente como também falha em regular as respostas atópicas.

Imunodeficiência Primária e doenças alérgicas
Pense em Zebra!

O que fazer nesse caso?

Apresentações clínicas que podem confundir manifestações atópicas versus infecciosas continuarão a causar dilemas diagnósticos e terapêuticos, exigindo uma mente aberta à presença de ambos em pacientes altamente afetados quando apresentarem sintomas inflamatórios e infecciosos e avaliar o paciente como um todo, desde uma perspectiva diagnóstica de causa imunológica subjacente.

Imunodeficiência Primária e doenças alérgicas

O diagnóstico precoce e tratamento da causa imunológica tem influência significativa no resultado. Além disso, é importante lembrar que a simples prescrição de corticoides (corticosteroides) e / ou outros imunossupressores sistêmicos nesses indivíduos, já comprometidos imunologicamente, pode ameaçar a vida ao facilitar a disseminação de infecções.

Enfim, você achou que o artigo foi útil? Quer saber mais sobre isso? Veja o nosso vídeo sobre o assunto.

Dr. Javier Ricardo Carbajal Lizárraga.
CREMESP 92607. RQE 21798.
Especialista em Alergia e Imunologia.

 

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos!

DR. JAVIER RICARDO CARBAJAL LIZÁRRAGA
ALERGIA E IMUNOLOGIA - RQE 21798 - CRM-SP 92607
CRIANÇAS E ADULTOS
O conteúdo deste site tem o objetivo de informar.
Não deve, de forma alguma, servir como base para qualquer diagnóstico ou tratamento sem a supervisão de um profissional médico especialista qualificado.
Em caso de dúvidas, procure sempre orientação médica.

Back To Top
×Close search
Pesquisar