skip to Main Content

E então?, O que muda no cenário do diagnóstico e tratamento das doenças imunológicas?

A capacidade de distinguir molecularmente defeitos imunológicos e o acesso a testes mais complexos, alteraram o cenário diagnóstico e terapêutico das doenças imunológicas (autoimunidade, inflamação, imunodeficiência, alergia). Nesse novo cenário, a possibilidade de desenvolver a terapia “sob medida” exige um novo paradigma para a avaliação diagnóstica e manejo terapêutico desses pacientes.

Os exames e testes imunológicos percorrem a gama de triagem até a confirmação e podem ser usados para diagnóstico e refinamento de estratégias de tratamento. No entanto, a complexidade dos testes como da interpretação dos resultados muitas vezes requer diálogo entre imunologistas de laboratório e clínicos para garantir o uso oportuno e adequado de cada procedimento diagnóstico e a prestação de cuidados. 

Uma vez definido o diagnóstico específico para o paciente, o desenho do tratamento personalizado foge dos tradicionais “protocolos”, evoluindo para a “medicina de precisão”, procurando aumentar eficácia e diminuir efeitos colaterais.

Dr. Javier Ricardo Carbajal Lizárraga.
CREMESP 92607. RQE 21798.
Especialista em Alergia e Imunologia.

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Pesquisar