skip to Main Content

Doenças autoimunes

O sistema imunológico de uma pessoa normalmente produz anticorpos e células de defesa quando tem uma infecção, quando invade uma toxina ou ainda quando surge um Câncer.

Os anticorpos e células imunológicas então atacam os germes que causam a infecção, a toxina ou a célula cancerígena. Logo depois disso, mecanismos de controle do próprio sistema imunológico suprimem a resposta e promovem a cicatrização no local.

Se o sistema imunitário de uma pessoa não tem a informação correta para trabalhar (Erro Inato do Sistema Imune) então ele não funciona normalmente; nesses casos, ele pode não defender de forma eficiente o organismo como também pode produzir anticorpos e/ou células que atacam o seu próprio corpo. Esse último é chamado de Autoimunidade e costuma resultar em uma Doença Autoimune.

Então, Doença Autoimune é aquela na qual o sistema imunológico ou algum componente dele reage contra algum ou alguns dos componentes do próprio organismo. No caso, os anticorpos que atacam o próprio organismo são chamados de auto-anticorpos e as células de células auto-reativas.

Os auto-anticorpos e/ou as células auto-reativas podem danificar uma ou mais partes do corpo, incluindo as glândulas, o sangue, a pele, as articulações, o intestino, os olhos, os rins, os pulmões e o sistema nervoso.

Os sinais e sintomas podem variar entre uma doença e outra, entre um indivíduo e outro com a mesma doença e até em um mesmo indivíduo através do tempo.

Psoríase, Vitiligo, Espondilite, Artrite, Doença de Crohn, Colite Ulcerativa, Esclerose Múltipla, Guillain Barre, Miastenia Gravis, Lúpus Eritematoso, Fibromialgia, Tiroiditis de Hashimoto, Púrpura Trombocitopênica Autoimune (PTI) e a Síndrome Antifosfolípide são exemplos de Doenças Autoimunes.

O diagnóstico se faz dificultoso pelo amplo espectro das manifestações clínicas que podem ocorrer e a falta de um sinal único que defina a doença aplicável a todos os pacientes.

O tratamento deve ser orientado a melhorar as alterações clínicas resultantes para cada caso e simultaneamente bloquear ou corrigir, o mais especificamente possível, as alterações imunológicas subjacentes.

A simples estratégia de suprimir a atividade do sistema imunológico ante qualquer Doença Autoimune significa em muitos casos trocar uma doença por outra, com frequência levando a complicações maiores.

Dr. Javier Ricardo Carbajal Lizárraga.
CREMESP 92607. RQE 21798.
Especialista em Alergia e Imunologia.

 

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos!

This Post Has 4 Comments

  1. Prezado (a), boa tarde!!!

    Como sempre vocês são excelentes, nós atualizam de forma clara e precisa, são muito dedicados com todos…
    Ótimos profissionais, amooo vocês…
    Super indicooo em todos sentidos/fatores…
    Atenciosamente
    Erika

  2. Prezado (a), boa tarde!!!

    Como sempre vocês são excelentes, nós atualizam de forma clara e precisa, são muito dedicados com todos…
    Super indicooo em todos sentidos/fatores…
    Atenciosamente
    Erika

    1. Fibromialgia é mesmo uma doença autoimune. No caso recomendamos evitar vacinas baseadas em mRNA, sendo mais seguro imunização com vacina de virus inativado (Coronavac).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DR. JAVIER RICARDO CARBAJAL LIZÁRRAGA
ALERGIA E IMUNOLOGIA - RQE 21798 - CRM-SP 92607
CRIANÇAS E ADULTOS
O conteúdo deste site tem o objetivo de informar.
Não deve, de forma alguma, servir como base para qualquer diagnóstico ou tratamento sem a supervisão de um profissional médico especialista qualificado.
Em caso de dúvidas, procure sempre orientação médica.

Back To Top
×Close search
Pesquisar